A ocupação do Beira-Rio e a polêmica do preço dos ingressos

beira-rioSobre a questão de preços de ingressos e presença de público nos estádios, alguns números oficiais da diretoria do Internacional após os últimos protestos no Beira-Rio:

 OCUPAÇÃO BEIRA-RIO

Hoje o Beira-Rio tem capacidade de 48.500 em áreas de torcida (autorizado para 50.023 porque bombeiros contam área de imprensa e prestadores de serviço). Destes 48.500, apenas 40.500 são administrados pelo Internacional, sendo que os demais são administrados pela Brio, empresa parceira pertencente a Andrade Gutierrez e Banco Pactual. A média do Inter no campeonato brasileiro está em 24.880, sendo que deste, 1.500 são em média na área da Brio. Desta forma o Inter tem uma média de 23.380 nos setores administrados pelo clube.

Públicos de Inter

X Chapecoense: 12.092

X Sport: 28.751

X AtlPR: 20.300

X AméMG: 18.028

X AtlMG: 24.023

X Botafogo: 25.037

X Grêmio: 40.686

X Palmeiras: 30.128

Total: 199.045

Média: 24.880

Assim, com uma capacidade de 40.500 e considerando 23.380 de média em áreas administradas pelo Inter, a ocupação do estádio na área do Inter é de 57,72%. Se também considerarmos que nos 40.500 existem 2.000 lugares para visitantes e em média estes têm 400 por jogo (ou menos, o Palmeiras que trouxe muitos teve só 900, America MG teve só 4 pessoas).

48.500 = capacidade estádio

8.000 (-) áreas Brio

2.000 (-) torcida visitante

38.500 = área administrado pelo Inter para colorados

24.880 = média atual Beira-Rio

1.500 (-) média áreas da Brio

400 (-) média torcida visitante

22.980 = média atual dos colorados na área administrada pelo Inter

Neste critério a ocupação sobe para 59,69% (22.980 / 38.500) nas áreas administradas para colorados.

PREÇOS DOS INGRESSOS

Sobre o ticket médio, no jogo contra o Palmeiras, o ticket médio foi de R$ 28,39, sendo que a média no Brasileiro inteiro está em R$ 34,70.

Para efeitos de comparação de ticket médio:

– Corinthians: R$ 56

– Palmeiras: R$ 55

– São Paulo: R$ 57

– Flamengo: R$ 49

Dados fornecidos pela diretoria colorada.

5 Comentários em A ocupação do Beira-Rio e a polêmica do preço dos ingressos

  1. O fator torcida deveria ser usado em prol do clube. Ter preços de jogos de clubes de SP como parâmetro demonstra despreparo administrativo. O custo fixo para se operar o estádio a plena capacidade não é necessariamente o dobro do valor para se operar com metade da ocupação. Se os valores diminuíssem para a metade do valor, certamente teríamos o dobro do público em todos os jogos.

    • Estás em parte equivado Leo. A torcida paga de acordo com o time… Time ladeira abaixo, média de publico ladeira abaixo também… Nossa torcida é de modinha mesmo, temos que nos conformar… Só acompanha na boa!

  2. Prezado, a taxa de ocupação é muito baixa, para um clube de 100 mil sócios, mas o grande debate é a maior dos torcedores que não são sócios, sendo assim o valor do ingresso se eleva, por isso da reclamação geral dos torcedores, pois a grande parcela que poderia ir aos jogos está impedida pelo valor.

  3. Acho que o preço tem que ser baixo, sócio quase de graça e o não sócio um preço barbada também! E tem que disponibilizar um espaço no estádio pra aquele torcedor da antiga coréia, esses cara que nunca mais foi ao beira rio por falta de dinheiro e pelo preço alto dos ingressos!!! Esses caras são parte da nossa torcida, viveram os piores momentos e nunca abandonaram o Inter, está na hora do Inter abraçar esse povo novamente! 40 mil por jogo é muito mais pressão, muito mais lindo do que ingresso alto e 15 mil no estádio! VAMOS ACORDAR PRO CLUBE DO POVO!!!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*