O Inter de Falcão

inter falcão Posicionamento em duas linhas e dois jogadores à frente, também alinhados, um típico 4-4-2, este é o objetivo inicial de Paulo Roberto Falcão no Internacional. A ideia é Andrigo e Vitinho adiantados e não o 4-4-1-1, onde um jogador fica mais posicionado à frente da segunda linha e o outro mais à frente. Falcão quer dois jogadores num mesmo posicionamento.

Os volantes Dourado e Fabinho, Sasha na direita e Ferrareis na esquerda. A ideia de Falcão é testar Seijas aberto na esquerda onde hoje está Ferrareis. Valdívia só não começa porque não está nas suas melhores condições, mas o técnico sabe que ele é o jogador do drible, do desequilíbrio, que pode quebrar o sistema defensivo do adversário com o improviso. Assim que estiver pronto, vai entrar na equipe.

A ideia é um time propositivo e isso não se faz do dia para a noite, ainda mais numa equipe que não tinha nenhum sentido coletivo. O time colorado não estava treinado para jogar com posse de bola, quando tinha de fazer isso, a única jogada que fazia era alçar a bola na área, por isso os números exagerados de cruzamentos.

 

3 Comentários em O Inter de Falcão

  1. Vale lembrar que os números do Falcão na última passagem são muito insuficientes. 33 jogos, 16 vitórias apenas. E tinha um bom time. Aliás, MUITO MELHOR que o atual que ele abraça.
    Sorte ao REI. Vai precisar….

  2. Falcão,sempre será lembrado como nosso maior craque da história, como treinador terá que ter um tempo para que suas idéias sejam postas em prática,este time de hoje é o mesmo do Argel, com pequenas mudanças, difícil fazer um time vencedor com os desfalques atuais, esses desfalques causaram a demissão do Argel, pois com o time campeão gaúcho, o Inter liderou o campeonato, com as ausências do Danilo Fernandes, DOURADO, Paulao etc o time perdeu for.
    Penso que quando o Falcão poderá contar com Valdivia, Cejas,Danilo, e Nico Lopes, aí sim o Inter terá um time forte para tentar brigar no topo da tabela.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*