Seijas não faz o tipo de Argel

seijas

Num time que está mal coletivamente, as individualidades acabam despencando. Os torcedores observam o time e nenhum jogador presta, parece que tem de contratar mais 11 jogadores. Seijas chegou para ser titular, começou duas partidas e foi substituído nas duas e sempre de forma equivocada. Contra o Flamengo estava bem no jogo quando foi sacado pelo treinador, no GreNal a mesma coisa. Nos dois jogos, o time colorado caiu de rendimento após a sua saída.

Na verdade, Argel tem dificuldade em achar lugar no seu time para jogadores com este perfil, que tenham capacidade técnica e habilidade de articulação. Aconteceu o mesmo com D’Alessandro que desapareceu desde a chegada do treinador ao Beira-Rio.

Seijas tem tudo para fazer história no Inter, mas para isso precisaria de um modelo de jogo que possibilite troca de passes curtos e jogadas de combinação. Hoje o Inter não tem nenhuma vocação ofensiva, o ataque depende das individualidades e iniciativas de Vitinho e Sasha, ou de cruzamentos dos laterais para a área.

Diante dessa carência de criatividade, Seijas surge como uma grande alternativa, mas a impressão é de que não é o tipo de jogador da preferência de Argel.

9 Comentários em Seijas não faz o tipo de Argel

  1. Realmente é o fim , será possivel que vamos seguir dando prioridade pra falta de qualidade do Argel, se bem que vamos reabilitar o S.Cruz domingo eo Argelão baila na curva

  2. Se o emprego do Argel se resume a uma derrota pra o time do Rei das Lapiseiras, que se entregue os pontos, e que Clemer assuma já na segunda! ele conhece todos esses garotos, o que facilita a montagem de um time competitivo que jogue futebol, faça triangulacoes, jogadas trabalhadas de meio campo, jogadas de linha de fundo conscientes, pro Ariel (que não é Nico, nem Pato, mas é o que tem pro momento) Oremos!

  3. Como pode o inter apostar num atleta de 30 anos que é reserva da seleção da venezuela, ultima colocada nas eliminatorias da américa do sul.

  4. O problema não é que o Argel não saiba trabalhar com o Seijas ou qualquer outro jogador habilidoso. Ele não sabe trabalhar com nenhum jogador. O esquema do time é todo mundo marca. Aí pega a bola e não sabe o que fazer. Quando não tomava gol era porque o “todo mundo marca” tava funcionando e ainda dava a sorte de fazer um, só um gol. Agora que o “todo mundo marca” não tá funcionando, o time despencou porque não sabe fazer gol, pois não foi treinado pra isso e automaticamente não tá acostumado.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*