Sem Luan e Walace, Grêmio estará dando adeus ao título brasileiro

luanConfirmando-se a informação de que Luan e Walace estão vendidos e não jogarão mais no Grêmio, o clube definitivamente estará dando adeus a possibilidade da conquista do título nacional.

Este é um Brasileirão muito equilibrado e sem nenhuma equipe que se destaque com uma qualidade muito superior. O Grêmio que começou a competição, tinha grupo para brigar até o final para ser campeão.

Maicon segue lesionado e não enfrenta o Fluminense

A diretoria já perdeu um titular, Giuliano, ninguém chegou para o seu lugar. Negueba é muito inferior, não há termos de comparação. Duas boas alternativas de grupo também se foram, Bobô e Marcelo Hermes.

Se confirmar as saídas de Walace e Luan, Roger não terá muito o que fazer. Cabe aos dirigentes, caso as vendas sejam inevitáveis, fazer com que os jogadores só deixem o clube no final do ano, como o Palmeiras fez com Gabriel Jesus.

6 Comentários em Sem Luan e Walace, Grêmio estará dando adeus ao título brasileiro

  1. Quem aposta em Negueba pra ser titular na saída do Giuliano, nunca pensou em título. Pensam na “vaga” pra se eleger e depois já sabe o roteiro carimbado a 16 anos.

    • Com certeza não porque negueba não amarra as chuteiras de Guliano muito fraco Guliano tinha força e raça lamentável sua saída mais um ano sem títulos

  2. Giuliano grande perda, tem de trazer alguem pra ser titular. Colocar o bolanos onde ele faça gol. Bobo fazia gols, henrique almeida nada. Hermes jogava bem, marcelo oliveira segundo capitão fodeu tudo

  3. O prejuízo não fica só nas perdas e danos com as saídas (Giuliano, Luan, Wallace….)
    As reposições é que arrepiam.
    Se voltarmos nossos olhos para as reposições feitas até aqui, caem todos os “butiás” do bolso!
    Kadu e Fred para o lugar de Rodolpfo. Henrique Almeida e Bobô, para o lugar de Barcos. Negueba para a vaga de Giuliano…… Jesus!
    O técnico participou de algumas dessas “escolhas”.
    A comissão técnica também. E a diretoria aprovou!
    Sabemos como será o futuro, se estes mesmos continuarem fazendo as suas escolhas.
    Só temos uma chance de acerto: seguir as dicas de Júnior Chávare.
    Mas, será que os “grandões” terão humildade suficiente para seguirem esse humilde colaborador?
    Nossas esperanças de títulos estão indo pro ralo, mesmo que a saúde financeira do clube dê claras evidências de cura (até outra diretoria entrar e detonar tudo novamente!).

  4. Quando a Lei do passe mudou no Brasil, os clubes ficaram reféns de empresários
    e de seus clientes (jogadores), o que dava uma garantia de um retorno financeiro para a instituição terminou com essa mudança. Hoje um clube europeu primeiro faz uma proposta salarial para o jogador, e depois para procura o clube.
    Não sei se o Luan vai para o Barça ou para algum clube inglês, mas na minha opinião é que se for vendido tem que ir na mesma janela de transferência, por vários motivos.
    No caso do Luan por exemplo, caso ele não tenha um bom desempenho em alguma partida a torcida já vai gritar. – Está fazendo corpo mole
    Se por um acaso sofra uma lesão muscular. – Olha o migué para não jogar
    O que tem que mudar e infelizmente não não tem volta é a Lei Pelé.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*